Azores Digital

--> Hoje, dia 30 de Março de 2017

Carnaval, estás quase aí!

Domingo, 19 de Fevereiro de 2017 144 visualizações Partilhar

Está quase a chegar uma das épocas mais fantásticas do ano na minha ilha Terceira. O Carnaval é o momento mais ansiado do ano porque é uma festa invejável, sem paralelo. Nesta altura somos obrigados a rir-nos, somos obrigados a refletir. De entre todos os géneros, da comédia à tragédia, o Carnaval terceirense é a melhor forma de abraçarmos a cultura de uma ilha. É uma característica de ser terceirense – participar na Festa e perceber o seu significado.

Naqueles dias as horas parecem minutos porque não ligamos à passagem do tempo. O tempo passa demasiado rápido no Carnaval. Num dia é sábado, no outro já é terça-feira e está na hora de esperar para o próximo ano, para poder vivenciar mais um festival inovador, onde reina a alegria.

O nosso Carnaval precisa de ser mais do que é, para os outros que não o conhecem. É demasiado grande para ser só nosso. Tem de ser visto e sobretudo entendido pelo mundo exterior à nossa pequena ilha. Porque merece o lugar que não tem ocupado por desconhecimento alheio. É teatro, mas não é teatro. É festa, mas não é festa. É uma coisa ímpar e diferente. É teatro popular, com apartes pelo meio, que não fazem parte do guião. É festa, mas não uma programada. É uma expetativa construída, onde se espera pela festa a caminho da alegria.

O nosso Carnaval deve muito às pessoas que fazem autênticos hinos líricos, que são exteriorizados por vozes melífluas. O nosso Carnaval deve tanto aos criadores de histórias de riso extasiante. E aos criadores de histórias de moral e de reflexão. O nosso Carnaval deve muito a tocadores e ensaístas.

O Carnaval da Terceira faz subsistir aquela ideia de comunidade, que nas ilhas não é perdida em vão pelo individualismo bacoco. Permite-nos ver pessoas que não vínhamos desde o ano anterior. Permite famílias se reunirem em torno de sorrisos cheios. Permite 4 dias de paixão e de reforço da identidade do que é ser terceirense.

Carnaval estás quase aí, e eu quase a abraçar-te.

Colunista:

Emanuel Areias

Outros Artigos de Emanuel Areias

Mais Artigos